Ideia - Re-socialização dos drogados

As pessoas sempre questionam como você entrou nas dorgas, mas nunca:

Como você irá sair?

Como eu já passei poucas e boas nessa vida sei que uma pessoa que entra nas drogas só consegue sair caso tenha o vislumbre de um futuro melhor.

Enquanto a pessoa não ver que pode fazer algo foda da vida ela sempre irá preferir as drogas pois elas deixam seu mundo "melhor".

Por isso vejo que a melhor forma de conseguir tirar as pessoas das drogas é entendendo o que elas querem e podem fazer da vida e ajudá-las a alcançar esse objetivo, imagine comigo que você chega num drogado e pergunta:

Qual seu sonho?

O que você gostaria de passar a vida fazendo?

Bom se a resposta não for "ficar se drogando" então já há uma oportunidade aí e como eu sempre digo:

Minha está tão boa que meu próximo passo é ajudar as pessoas a correrem atrás de seus sonhos, por mais piegas que pareça.

Eu acredito que a melhor forma é tentar correr atrás do seu sonho pois esse com certeza é um dos seus maiores objetivos, então não adianta oferecer oportunidades que não vão mudar em nada.

Precisamos mostrar que o maior objetivo daquela pessoa é possível de se conseguir e como fazer isso.

É nisso que penso, em integrar os programadores com esses "problemas sociais" para que possamos desenvolver algo que possa ajudar eles a correrem atrás de algo melhor, por exemplo o drogado responde:

Gosto de desenhar.

Então por que não podemos ter um curso que o ensine várias técnicas e ainda propicie um sistema onde ele possa mostrar seu talento como também vender seus serviços?

Você não acha que dessa forma seria muito mais fácil fazer com que o drogado queira sair? Pois apenas ele querendo será possível mudar realmente.

E isso pode ser feito independentemente de clínicas de recuperação ou afins, aliás esse projeto pode ser facilmente implementado em qualquer clínica que desejar pois todo o conteúdo dos cursos profisionalizantes já está disponível gratuitamente pela Webschool.

Logo profissionalizando uma grande mão-de-obra precisamos também fornecer a ferramenta para que o profissional consiga ser autônomo, além disso ele não precisa trabalhar sozinho, tendo em vista que a Webschool está iniciando um modelo de "empresa" no formato de cooperativa para que facilite mais ainda a criação de indústrias e empresas locais onde os donos realmente são os profisisonais que fazem o produto/serviço.

Por exemplo, a Webschool abrirá 1 cooperativa nacional para cada sistema onde qualquer profissional certificado no curso da área da cooperativa poderá fazer parte automaticamente como também se juntar com outros profissionais com o mesmo certificado, na mesma região, e abrirem a sua cooperativa local.

A Webschool irá fornecer o sistema de criação de gerenciamento de cooperativas para facilitar e fomentar esses projetos, é claro mas isso é assunto para outro artigo.

E você o que acha?

Comentários

comments powered by Disqus